5 de dezembro de 2012

Entre amigas


Ele estava sentado em sua protona preferida tomando seu café como era de costume e olhando para mim. Eu estava deitada na cama só de lingerie olhando-o, tinha-mus acabado de fazer amor, ele tinha sido espetacular, mas além de tudo, tinha sido com nunca foi antes. Levantei da cama e fui em sua direção e sentei em seu colo, perguntei o que seria de nós e ele me respondeu que nada seriamos, nãos mais. Foi firme na resposta. O que ele quis dizer com aquele "não mais"? Eu realmente não sabia o que aquilo significava. Acho que de alguma forma ele estava me dando um fora depois de tantos momentos. Levantei do colo dele e voltei para a cama, perguntei como assim nada e ele novamente voltou a responder "nada". Eu estava confusa, aquele "nada" dele me fez me arrepender de todos os momentos, todos os beijos, tudo que passamos juntos, mas eu ainda não sabia o que ele queria dizer, poderia significar alguma coisa boa? ou não? eu não sabia então voltei a questionar. Perguntei o que ele queria dizer com o "não mais" com tom de vazio dele. Ele falou num tom de voz tranquilo que tudo entre nós tinha acabado e que ele tinha se acertado com sua ex mulher. Nesse momento peguei minha roupa e vesti na mesma da hora e sai, não quis ouvir mais nada que ele tinha a fala, aquilo já era o bastante pra mim sair da vida dele. Na verdade era pra mim ter ido embora assim que fiquei sabendo que eu era a amante. Mas não. Quis ficar, quis me alto machucar, quis me suicidar ficando. 
Fui embora sem destino, sem rumo. Toda as cenas, todos os momentos vieram em minha mente como um filme  de romance que acabava sendo de terror no final. Por que ele quis um ultimo encontro? Por que ele foi tão perfeito nesse ultimo encontro? Ele só quis me machucar mais ainda. Antes deu sair do quarto de hotel sem rumo ele gritou "Eu te amo, mas tenho que voltar pra ela!". Como eu poderia acreditar numa coisa dessas a essa altura do campeonato? Talvez se ele tivesse sentado e contado a situação talvez eu entenderia, mas não. Ele falou de uma forma que me chocou, ele não me amava, era mentira. Agora tenho que seguir em frente com todas aquilas cenas que não saem da minha cabeça, parece um sonho no qual eu quero acordar logo.    



O texto foi mandando pela G. no meu e-mail. Esse é um texto que ela criou, de sua autoria. Ela infelizmente não tem blog. Só sua inicial do nome foi publicada por que ela não queria seu nome publicado! Quer seu texto publicado aqui? Então mande aqui! Preencha os campos e não esqueça de colocar o seu blog (se tiver). Em até 9 dias o seu texto será publicado! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário